Rádio JOVEM PAN

100.9. Jovem Pan Feira de santana

Ouvir

Alavancando carreira na música, Samantha Schmütz estreia show em SP

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Samantha Schmütz visita o Morning Show; confira

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018
Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018
Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018
Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018
Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018
Atriz esteve na bancada para divulgar seus projetos de 2018

Na época em que participavam do quadro Show dos Famosos no Domingão do Faustão, Samantha Schmütz e Miguel Falabella protagonizaram uma discussão ao vivo que caiu na boca do povo. O caso se tornou inclusive tema para o Não Convide Para a Mesma Festa do Morning Show. Tudo começou quando o jurado disse que a global era “apenas atriz” e não cantora e justificou alegando que ela “não tinha nenhum CD gravado”. Acontece que, com ou sem CD, ela possui, sim, uma extensa carreira na música. Foi o que contou nesta quarta-feira (14) no programa.

“Na verdade, sempre fui do palco. Tenho mãe bailarina, cresci nas coxias vendo ela ensaiar e participando. Um dia ela me viu imitando uma coreografia e me botou nas aulas de balé e sapateado. Me descobri nesse meio desde muito pequena. Meus pais perceberam e me deram força. Quando fui estudar teatro, percebi que podia cantar não só no banheiro e comecei a estudar. Estudo canto há mais de 10 anos, fiz musicais antes de entrar na TV, fiz parte de algumas bandas, fui backing vocal do Sérgio Loroza. Tenho uma carreira paralela mais low profile”, disse.

“Insisto que as pessoas percebam que os artistas podem ser múltiplos. Fora daqui, nos Estados Unidos, por exemplo, existe a possibilidade de você ser completo sem esse susto. Existe a Cher, o Jared Leto, vários nomes. Aqui ainda nos limitamos em rotular os artistas. Mas tem uma galera vindo tentando quebrar esse preconceito”, completou.

Samantha por sinal é uma das integrantes dessa “galera”. No próximo domingo (18), ela apresenta em São Paulo, no Paris 6 Burlesque, um show em que cantará clássicos do reggae, em especial o maior ícone do gênero, Bob Marley. Além disso, acaba de gravar uma faixa em parceria com o elogiadíssimo grupo Nação Zumbi que entrará na trilha sonora do filme Cine Hollywood 2, com estreia prevista para o segundo semestre.

“E esse ano quero finalmente fazer meu CD, ou pelo menos um EP com algumas músicas. Posso mandar para o Miguel Falabella! Posso até usá-lo na divulgação. Olha, agora tenho CD, agora sou cantora (risos)”, brincou.

Piadas à parte, garantiu que esse desentendimento já foi superado. “A gente se falou depois e ele pediu desculpas para mim. Imagina, tudo se resolveu! Passamos até o réveillon juntos na casa do Paulo Gustavo. Ele se colocou mal e eu quis me defender. Se alguém fala ‘sou cantora, cozinheira, macumbeira’ ou qualquer coisa, o outro fala ‘então tá’. Tanto como ele, somos múltiplos. Foi uma colocação errada. Esse rótulo tem que acabar. Sou o que eu quiser e puder ser”, explicou.

Também em 2018, Samantha filmará a continuação da comédia Tô Rica, estreará o filme Salafrários, estará na série Carcereiros da TV Globo (já disponível no GloboPlay) e seguirá gravando o popular Vai Que Cola. A íntegra da entrevista com mais detalhes desses e outros trabalhos pode ser vista no canal do Morning Show no YouTube.

Tags da Pan

Comentários